2º/1º GTT - Esquadrão Cascavel

 

O 2º Esquadrão do 1º Grupo de Transporte de Tropa, o Esquadrão Cascavel, é uma das Unidades que formam o 1º Grupo de Transporte de Tropa, subordinado à Quinta Força Aérea (V FAe). O 1º GTT foi criado pelo Decreto Nº 43.089 de 22 de janeiro de 1958, sediado na Base Aérea dos Afonsos, no Rio de Janeiro. O 2º/1º GTT foi ativado em 01 de novembro de 1961 pela Portaria S-67/GM3, recebendo inicialmente as aeronaves Fairchild C-119G Vagão Voador, que operaram até o final de 1974. No segundo semestre de 2013, o 1º GTT foi transferido para a Base Aérea do Galeão, também no Rio de Janeiro.

 

Assim como o 1º/1º GTT, o 2º/1º GTT foi criado para prestar apoio logístico para o Exército Brasileiro, além de servir ao Governo Federal no apoio em calamidades públicas. Em 1974, com a chegada dos Lockheed C-130H Hercules com maior raio de ação, o Esquadrão Cascavel adquiriu a possibilidade de realizar missões para o exterior. Com os KC-130H Hercules, passou a executar missões de reabastecimento em voo até os anos 90, quando essas aeronaves foram transferidas para o Esquadrão Gordo, do 1º Grupo de Transporte.

 

Recentemente, todos os Hercules da FAB foram modernizados e passaram a ser denominados simplesmente como C-130, com alguns recebendo a designação C-130M e SC-130. Além de diversas melhorias nos sistemas operacionais, equipamentos de navegação e painel de instrumentos com telas digitais, os Hercules receberam um novo padrão de pintura.

 

Além de atender as necessidades do Exército Brasileiro, o Esquadrão Cascavel realiza tarefas de transporte aeroterrestre e transporte aéreo tático para Força Aérea Brasileira, bem como missões SAR (Search and Rescue - Busca e Salvamento) na parte sul do Oceano Atlântico, essenciais para a segurança da navegação aérea internacional.

 

Por atuarem em estreita colaboração, os Hercules do 1º GTT ostentam os emblemas das duas Unidades aplicados na parte dianteira da fuselagem: no lado esquerdo está o emblema da Unidade a que pertence e no lado direito está o emblema da outra Unidade, sendo comum uma Unidade voar com as aeronaves da outra.

 

No segundo semestre de 2013, o 1º GTT voltou a realizar missões de reabastecimento em voo, quando recebeu de volta os KC-130 Hercules que estavam no Esquadrão Gordo.

 

Fonte: SPOTTER / CECOMSAER

 

RETORNAR